Gentrificação

O CDES acredita que o despejo e a desterritorialização dos povos ocasionam graves violações aos direitos humanos e por isso desenvolve pesquisa e atua no monitoramento de casos de intervenções urbanas que com o intuito de estruturar os territóriosretomam territórios degradados direcionando-os para o mercado com novos usos e destinação. Esses processos promovem a expulsão direta e indireta de comunidades e coletivos existentes nesses locaisque passam a não serem mais aceitos no território que passa a ser acessado por um público elitizado. Trata-se de um processo excludente e opressivo de transformação dos territórios urbanos contra o qual o CDES se coloca, denunciado violações e instrumentalizando as populações para fazer a defesa dos seus territórios e de uma cidade inclusiva.

 

Foto: Pelourinho, Salvador, BA
Acervo CDES